Campanha pretende “cortar” o amor em Paris

O que durante décadas foi prova de amor, hoje transformou-se em um problema urbano. A tradição de colocar cadeados nas pontes de Paris para simbolizar o amor eterno vem gerando polêmica depois do início da campanha  “No Love Locks”.

Criada por duas norte-americanas, o abaixo assinado já conseguiu mais de 1.700 assinaturas de pessoas que visam a segurança das pontes, originalmente construídas para suportar apenas a travessia de pedestres e que hoje já aguentam, em alguns casos, cerca de 97 toneladas de cadeados.

Crédito das fotos: Reprodução do site “No Love Locks”

Estudante americano registra viagem à China dançando

Em vez dos tradicionais autorretratos, Jake optou por filmar o passeio dançando ao som de “Treasure”, do cantor Bruno Mars

Um estudante americano encontrou um jeito inusitado e único de registrar a viagem de intercâmbio que fez pela China: dançando.

Jake Gaba, que cursa ciência da computação na Universidade de Dartmouth, passou cem dias na China estudando mandarim. Nas horas livres, ele aproveitou para conhecer alguns pontos turísticos do país.

Arquivo pessoal

Em vez dos tradicionais autorretratos, o famoso ‘selfie’, Jake optou por filmar o passeio. No vídeo, o estudante aparece dançando, de forma hilária, a música “Treasure”, do cantor Bruno Mars.

Praças, pontes, montanhas, metrô e até um elevador serviram de cenário para Jake.

Reprodução/Youtube

O vídeo ultrapassou a marca de 400 mil visualizações no Youtube em pouco mais de dez dias. Assista abaixo: