Dez dicas para aproveitar o melhor de Londres

A capital britânica foi a segunda cidade mais visitada do mundo em 2013

Londres foi a segunda cidade mais visitada do mundo em 2013, ficando atrás apenas de Bangcoc, na Tailândia, de acordo com a pesquisa MasterCard’s Global Destination Cities. Famosa pelos inúmeros pontos turísticos, como o inconfundível Big Ben e o Palácio de Buckingham, e por seus ônibus vermelhos de dois andares, os routemasters, a capital britânica recebeu 16 milhões de turistas no ano passado.

158568442_2

Atrações é o que não faltam para quem vai a Londres a passeio, a trabalho ou estudar. Confira dez dicas para você aproveitar a estada na terra da rainha da melhor forma possível.

1 – BIG BEN 

Impossível ir a Londres e não visitar o principal cartão–postal da cidade, símbolo da pontualidade britânica. Um fato curioso pouco conhecido é que Big Ben não é o nome do famoso relógio do Parlamento Inglês. Muito menos da sua torre.

www.freepix4all.com

A torre do Big Ben, que fica em um dos lados do Palácio de Westminster

Big Ben é o nome do sino, ele pesa 13 quilos e foi instalado no Palácio de Westminster durante a gestão de Benjamin Hall, ministro de obras Públicas da Inglaterra, em 1859. O nome do relógio é Tower Clock, e é muito conhecido pela sua precisão e tamanho.

2- ROUTEMASTERs

O centro da cidade costuma ter um trânsito um pouco lento, mas se você estiver no primeiro assento do segundo andar do routemaster, o tradicional ônibus vermelho de dois andares, a viagem se torna bastante atraente.

Dentro dos ônibus, um painel luminoso e uma gravação anunciam sempre qual a próxima parada. A maior parte das linhas tem horário limitado de funcionamento, e os pontos trazem tabelas que indicam com impressionante precisão a hora em que cada ônibus passa por ali, qual o primeiro e qual o último.

Andrew Dunn/Wikimedia Commons

No ponto, há também mapas estilizados que mostram os trajetos de maneira clara. Mas se você perdeu o último ônibus ou o último metrô (vale lembrar que o metrô para de funcionar por volta da 0h30), não se desespere. Sempre há uma alternativa noturna, os “night bus”, identificados pela letra N antes do número que circulam pela madrugada toda na cidade.

3 – KEEP LEFT 

Em metrôs e shoppings o lado esquerdo das escadas rolantes é para quem quer andar mais rápido. Assim você não impede a passagem de ninguém, pois quem fica parado no lado esquerdo atrapalha a circulação e houve poucas e boas dos habitantes locais.

Oxfordian/Flickr

Outra dica importante nas estações de metrô: cuide para que os passageiros desembarquem primeiro, para só então depois você embarcar. Tudo sempre muito eficiente e educado.

4- LOOK RIGHT

Atenção quando for atravessar as ruas de Londres. Não é novidade que os ingleses dirigem do lado contrário. Mesmo assim, é bom ter bastante cuidado e na dúvida, olhar sempre para os dois lados. Assim não tem erro.

5 – ALIMENTAÇÃO 

Em Londres existem diversas redes de “fast food light”. Por toda a cidade é muito fácil encontrar restaurantes como Pret a Manger, Itsu, Costa, EAT, Wasabi entre outros.

russavia/Wikimedia Commons

Essas redes servem comidinhas leves e rápidas como sanduíches naturais, sopas ou sushis. Então, se estiver confuso comer em Londres, fome você não vai passar. Mas também não pode deixar de comer o tradicional, “Fish and Chips”, peixe empanado e batata fritas.

6 – WARNER BROTHERS STUDIO

Divulgação

 

Depois de chegar a Londres, o primeiro lugar mágico é o Warner Brothers Studio. O Harry Potter Museum é incrível, pois os cenários estão perfeitos. Você encontra as varinhas, mapas, vê os figurinos bem de perto e ainda descobre alguns segredos sobre os efeitos especiais. Diversão garantida para todas as idades!

7 – FEIRAS E MERCADOS DE RUA

Visitar os mercado e feiras de Londres é passeio obrigatório. Eles estão espalhados por toda a cidade e cada um apresenta uma característica própria.

Por exemplo, o Camden Town é um bairro eclético e alternativo que reúne diferentes estilos e se transformou num dos símbolos da diversidade em Londres.

Dcastor/Flickr

Para quem passeia por Camden, no norte da cidade, é habitual encontrar todo tipo de gente, desde punks até alternativos, passando por rastafáris e roqueiros.

Outras opções bacanas são: Borough Market, Portobello Market, Brick Lane Market e o Spitalfields Market. Todos eles gratuitos!

8 – TROCA DE GUARDA

Todo mundo quer ver a troca da guarda! Se você foi à Londres e não viu… Então você não foi à Londres! De Trafalgar Square para The Mall, acontece a tão esperada troca bem em frente ao Palácio de Buckingham, residência da rainha Elizabeth 2ª.

viagem_catraca_livre_londres8

A troca da guarda acontece diariamente, durante o verão, às 11h30, exceto em dias chuvosos. Nos meses de julho ocorre diariamente também em Windsor.

9 – LONDON EYE

A roda gigante de Londres é uma construção espetacular. Das enormes cabines envidraçadas se tem uma ampla visão da metrópole, incluindo excelentes vistas para o Parlamento e o rio Tâmisa.

Divulgação

A London Eye foi construída em 1999 e tem 135 metros de altura, sendo a roda gigante mais alta da Europa e uma das atrações turísticas mais populares de Londres. A viagem dura 30 minutos e é bom comprar as entradas com certa antecedência.

10 – ANDE COM GUARDA-CHUVA

Sim, em Londres chove bastante! Pegue um guarda-chuva pequeno e fácil de carregar para não deixar a água estragar seu passeio.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s