Itália: A Cidade Medieval de Ferrara

Acordei cedo no meu terceiro dia na Itália para explorar um pouco a região. Estamos na cidade de Bolonha por conta do #blogville e a cidade é uma maravilha para explorar a Itália e suas cidadezinhas. Como ela é bem central, tem trens que vão a outras cidades próximas muitos legais de 30 minutos a 1 hora e meia de viagem. O destino do dia seria Ferrara, uma cidade medieval conhecida por seus castelos e arquitetura. Neste dia teria a companhia do meu amigo querido Keith, mais conhecido na blogosfera como @velvetescape.

Chegamos na estação já quase na hora do trem… comprar os tickets é muito fácil e custa apenas 4.40 euros. Depois é ir para a plataforma, se acomodar no trem e em pouco mais de 40 minutos chegamos a Ferrara.

 

Trem indo para Ferrara

Trem indo para Ferrara

 

Na minha fantasia a gente chegaria na estação de trem e já estaria cercada por castelos, mas a realidade é que é uma boa caminhada entre a estação de trem e o centro medieval, então lembre-se de usar um calçado confortável.

Quando nos aproximamos do centro medieval, o Castelo Estense e suas torres, cercadas por um fosso, apareceu majestoso. Ferrara me lembrou um pouco de Florença, mas sem as multidões. O Centro Histórico de Ferrara foi denominado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco em 1995 e apelidada de “Cidade da Renascença”. A cidade é perfeita para andar de bicicleta, mas com uma camera fotográfica e parando a cada minuto pra fotografar, vimos que nosso passeio seria melhor aproveitado a pé.

O castelo, a atração mais importante da cidade fica bem no centro, mas foi por muito tempo o limite da mesma. Conta a história que o castelo foi construído pela família D’Este depois de uma rebelião sangrenta na cidade, porque eles estavam se sentindo ameaçados. O castelo sofreu várias mudanças com o passar dos anos, a maior parte delas nas áreas internas.

A entrada para o castelo custa 6 euros e aqui encontramos o nosso primeiro erro estratégico: o castelo fecha de 13:00 as 15:00 . Era quase uma da tarde e na bilheteria nos garantiram que daria tempo da gente ver tudo – você só pode entrar até 12:30, mas o castelo fica aberto até um pouco mais tarde. Então fica a dica, quando for planejar a visita a cidade, chegue cedo!

 

Castelo

Castelo

 

Começamos nossa visita pelas prisões onde ficaram presos os inimigos da familia Este. Em uma das celas, contou nosso guia, foi onde ficou o casal Ugo e Parisiana. Parisiana tinha apenas 20 anos quando foi tomada por Nicolo III para ser sua esposa. Ela se apaixonou por Ugo, filho de outro casamento de Nicolo III. Os dois amantes foram descobertos e mandados para prisão do castelo, onde foram mantidos até que sua sentença de morte fosse executada.  Foram decapitados em 1425. História triste e dá um aperto no coração de ver as celas minúsculas e as inscrições na parede.

Depois foi a vez de subir para ver os afrescos e quase ter um torcicolo de tanto olhar pra cima.. é muita beleza minha gente! A cada nova sala do castelo, uma nova surpresa nos esperava no teto. Há vários espelhos colocados estrategicamente pelas salas que refletem os afrescos. Um detalhe é que eles estão cheios de “band- aids “por causa do terremeto que atingiu a cidade em Maio de 2012.

 

ferrara_afrescos

Afrescos no Castelo Estense

 

Há um café muito charmosinho dentro do castelo e uma das diversões por aqui é fotografar o castelo de diversos ângulos. Eu sou apaixonada por castelos e cidades medievais, então Ferrara me encantou de cara.

 

Castelo em Ferrara

Várias visões do Castelo em Ferrara

 

Do castelo tem-se uma visão do jardim da cidade medieval.

 

Castelo

Castelo

 

Quando terminamos nossa visita ao Castelo, fomos logo almoçar, para aproveitar que as outras atrações estavam fechadas. Nossa escolha foi o Al Brindisi (que signifca Um brinde) e é a taverna mais antiga do mundo. De verdade, tem direito até a menção no Guiness Book. Fizemos uma refeição deliciosa com o famoso tortelloni com recheio de abobóra, tradicional de Ferrara e muitos vinhozinhos.

http://instagram.com/p/bTZQCbgXgR/

 

Depois do almoço, fomos dar uma voltinha pela cidade medieval, descobrindo cantinhos deliciosos, ruelas fofas e arquitetura de tirar o fôlego. A sensação que se tem é de estar em outro tempo…nem parece 2013!

 

ferrara_medieval1

Ferrara Medieval

Parte Medieval de Ferrara

Parte Medieval de Ferrara

 

Catedral de Ferrara, que é outra que fecha na hora da siesta, reabriu em tempo pra nossa visitinha. A riqueza dos detalhes da igreja é impressionante.

 

ferrara_igreja

Igreja em Ferrara

Detalhes da igreja em Ferrara

Detalhes da igreja em Ferrara

 

Nossa ultima parada na cidade foi no Castelo de Diamantes. E não se engane. Eu também achei que seria por causa de diamantes, as pedras preciosas, mas não.. aqui a pedra é em formato de diamante. Inteligente ;) O pátio interno lindíssimo.

 

ferrara_diamondcastle

Diamond Castle

 

Depois de um dia delicioso caminhando por Ferrara, voltamos ao restaurante para comprar um dos vinhos que tomamos no almoço para levar pra casa e fomos para a estação de trem para voltar a Bolonha. Os castelos, o vinho e as histórias ficariam na memória.

 

Informações Úteis:

Castelo Estense

Website: http://www.castelloestense.it/en

Horário de Funcionamento: 9:00 as 13:00 e 15:00 as 19h  (mas só dá pra comprar bilhetes com pelo menos 45 minutos antes de fechar)

Não abre: As segundas-feiras

Preços: 6 Euros. 4 euros para estudantes até 25 anos e menores de 12 a 18 anos. Menores de 6 a 12 anos pagam 1 Euro e menores de 6 anos não pagam

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s